Call of Duty permanecerá nos consoles PlayStation se eles ainda existirem, diz chefe do Xbox


O chefe do Xbox, Phil Spencer, reiterou que a franquia Call of Duty permanecerá nos consoles PlayStation “enquanto houver um PlayStation disponível para enviar”. Em setembro, o CEO da Microsoft Gaming afirmou que a empresa havia assinado um acordo com a Sony para manter o CoD no PS5 e PS4 que vai “bem além dos acordos típicos da indústria de jogos”. No entanto, o CEO da PlayStation, Jim Ryan, respondeu infamemente chamando esse acordo de “inadequado”, com a Sony mais tarde recebendo o anúncio de que as agências reguladoras do Reino Unido estariam investigando a fusão da Microsoft e da Activision Blizzard.

Spencer diz que a série Call of Duty será como Minecraft nos consoles PlayStation

Sobre se Call of Duty permaneceria nos consoles PlayStation, Spencer queria “dar um soco no nariz” em uma entrevista no podcast Same Brain:

Enquanto houver um PlayStation disponível para enviar, nossa intenção é continuar a enviar Call of Duty no PlayStation, semelhante ao que fizemos com o Minecraft. Desde que possuímos isso, expandimos os lugares onde as pessoas podem jogar Minecraft. Nós não reduzimos os lugares e tem sido bom para a comunidade do Minecraft. E eu quero fazer o mesmo enquanto pensamos sobre onde Call of Duty pode ir ao longo dos anos.

Felizmente, isso significa que o acordo irá além do acordo inicial compartilhado por Jim Ryan, que era que a franquia permaneceria no PlayStation por três anos após o término do acordo entre a Activision e a Sony.

Em uma confusão interessante, a capa do Xbox para Modern Warfare 2 diz que Call of Duty é a “franquia mais vendida no PlayStation”. Nossa análise marcou o jogo com um 9/10 estelar.





Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *